O curso de graduação na área de serviços penais é ideal para profissionais da área de segurança que ainda não tem graduação ou querem uma segunda formação.

Quais as opções de cursos de graduação na área de Serviços Penais?

O curso de graduação de Serviços Penais envolve, em seu currículo, as especificidades necessárias para que um profissional atue com eficácia em todas as áreas que envolvam a segurança do país.

O profissional deve ter um perfil de preocupação com questões como a cidadania, os direitos humanos, os índices de violência do país, bem como a segurança do meio ambiente.

O curso de graduação na área de Serviços Penais envolve, em seu currículo, as especificidades necessárias para que um profissional atue com eficácia em todas as áreas que envolvam a segurança do país. O profissional deve ter um perfil de preocupação com questões como a cidadania, os direitos humanos, os índices de violência do país, bem como a segurança do meio ambiente.

Modalidades de curso

A modalidade de curso de graduação em Serviços Penais existente é a de Tecnólogo. O curso é oferecido por universidades em diversos estados do país, mas o único que pode ser cursado a distância é ministrado pela Unisul Virtual, com duração de dois anos.

Dentre os assuntos que o curso abrange, estão os de Segurança Pública, Direito Penal, Justiça Criminal e Sistema Penitenciário. A grade curricular do curso EaD da Unisul baseia-se sobretudo nas áreas de Ciências Sociais e Humanas, com disciplinas como:

  • Sistema de Justiça Criminal e Sistema Penitenciário Brasileiro;
  • Tópicos de Direito Criminal;
  • Atividades Ocupacionais e Reintegração Social;
  • Ciência Criminal;
  • Direito da Criança e do Adolescente, Idosos, Grupos Vulneráveis e Minorias Étnicas, dentre outras.

Além das disciplinas estruturantes, o curso conta também com matérias complementares, como, por exemplo Língua Portuguesa e Redação Oficial e Tecnologias Aplicadas à Segurança Pública.

O curso de tecnólogo é ideal para pessoas que já atuam na área de Segurança Pública, porém não possuem graduação ou desejam ter uma segunda formação.

É indicado para profissionais que desejam ou atuam na Polícia Federal, estadual, guardas municipais e corpo de bombeiros. Quem trabalha com segurança privada também se beneficia com essa graduação, bem como:

  • administradores municipais estaduais e federais;
  • Policiais Civis, Militares e Rodoviários Federais;
  • Agentes de Trânsito e pessoas que prestam consultoria especializada para empresas privadas e estatais na área de segurança pública;
  • órgãos de Segurança Pública federal, estadual ou municipal ou na Defesa Civil.

Entre as vantagens de se fazer um curso EaD na área de Serviços Penais, destacam-se:

1) Acessibilidade de tempo e espaço

Um curso a distância pode ser feito em qualquer horário e local, basta apenas ter acesso à internet. Isso representa uma grande comodidade, uma vez que o aluno pode decidir em qual horário vai estudar, e onde.

2) A redução do investimento

O investimento que você fará em um curso de Serviços Penais a distância será menor do que um curso presencial, mas terá a mesma qualidade.

3) O curso respeita o ritmo de estudo do aluno

Os conteúdos de cursos EaD podem ser acessados quantas vezes o aluno achar necessário, portanto, a assimilação do conteúdo torna-se maior.

4) O curso é sempre atualizado

Os cursos a distância da Unisul são sempre atualizados, bem como seus materiais pedagógicos. Devido a isso, os alunos contam com materiais e aulas condizentes com as últimas novidades.

Após a conclusão do curso de Serviços Penais a distância, você poderá optar por fazer um curso de pós-graduação relacionado à área, a fim de ser um profissional ainda mais qualificado no mercado de trabalho. A Unisul oferece o curso de pós-graduação de Gestão Integrada da Segurança Pública, também na modalidade EaD.

Quer saber mais informações sobre cursos na área de Serviços Penais? Confira aqui.

Conheça as oportunidades da carreira em serviços penais baixando este e-book gratuito!


Quem tem graduação em Serviços Penais está habilitado para ser agente penitenciário, já que este cargo exige ter ensino superior.

Quais as oportunidades no setor público para quem tem graduação em Serviços Penais?

Tendo em vista a grande demanda do mercado por profissionais qualificados, há um crescente número de cursos de tecnólogo, com formação em menor tempo e mais especializada. Dentre esses cursos, o de serviços penais tem uma peculiaridade: ser amplamente voltado ao setor público. Claro que há outras áreas de atuação, mas o grande foco do curso é a Segurança Pública. Quer saber mais sobre essa oportunidade? Confira.

O que é o curso de Serviços Penais?

O curso de tecnólogo de Serviços Penais visa formar um profissional nas melhores práticas para administração penitenciária. Muitos dos alunos que ingressam já são funcionários públicos que trabalham na área, e buscam uma melhor formação para obter mais oportunidades na carreira e para qualificar o seu trabalho.

Atribuições do tecnólogo com graduação em Serviços Penais

Basicamente, o gestor em serviços penais deverá trabalhar em prol de criar um ambiente penal viável, de maneira a garantir a segurança de todos e viabilizar a recuperação e a reinserção de detentos. As principais atividades do tecnólogo são:

  • Gerir presídios e penitenciárias, promovendo a segurança e o bem estar de todos, buscando viabilizar a reintegração e a recuperação de presos, por meio de ações e programas.
  • Criar estratégias de prevenção de reincidência, como a inserção de presos em serviços comunitários, por exemplo, a fim de facilitar a reinserção dele na sociedade.
  • Conhecer toda a legislação vigente.
  • Viabilizar a aplicação de penas e medidas alternativas, a fim de melhorar o serviço da penitenciária.
  • Garantir os Direitos Humanos.
  • Gerir a cadeia, estimular o trabalho em equipe e delegar funções a equipe da penitenciária e também aos internos.
  • Garantir que as normas da prisão sejam cumpridas.
  • Planejar ações, definir metas e prazos, com a finalidade garantir o bem-estar de todos.
  • Manter postura ética e respeitar as normas previstas diante de qualquer situação.
  • Estimular e capacitar os agentes penitenciários a fim de desenvolver um ambiente melhor a todos, e promover inovação e ideias.
  • Melhorar rotina penitenciária.
  • Desenvolver políticas públicas com o objetivo de melhorar cada vez mais o serviço penitenciário.

As oportunidades no setor público

A atuação do tecnólogo em Serviços Penais é voltada principalmente para quem trabalha com penitenciárias e segurança pública. O profissional estará habilitado a ser agente penitenciário, já que para este cargo é necessário ter ensino superior. Quem ingressa por essa via, pode crescer na carreira até tornar-se gestor da penitenciária.

Dentro da esfera pública há também outras áreas, atuando junto à secretaria federal na criação de políticas públicas para o setor, como também pode prestar assessoria e até consultoria.

Como visto, trata-se de um curso que possui muitas possibilidades de atuação e de conhecimento. O curso na modalidade a distância de graduação em Serviços Penais pode ser a porta para o tão sonhado emprego público.

Conheça as oportunidades da carreira em serviços penais baixando este e-book gratuito!


Considerando as características da área de atuação profissional, um estágio em produção industrial é garantia de consolidar os conhecimentos na prática.

A importância do estágio em produção industrial

Atuar nas indústrias, buscando a melhoria tanto da qualidade quanto da produtividade. É este o objetivo dos gestores da produção industrial.

O curso de graduação na área é focado em preparar os alunos para promoverem o desenvolvimento das organizações industriais, sempre conciliando as perspectivas humanas, econômicas, sociais, éticas e ambientais.

Com um mercado cada vez mais globalizado, as empresas aumentam as exigências visando à competitividade, exigindo ações ágeis do gestor da produção industrial. Apesar da importância do curso, para permitir ao profissional atender às necessidades das organizações, é necessário também a realização de estágios para solidificar e praticar o conhecimento.

E você, sabe por que o estágio é tão importante para a formação? De acordo com uma pesquisa realizada pela InterSciente -  Informação e Tecnologia Aplicada, o estágio vale a pena e deve ser feito, de acordo com 99% dos recém-formados. Para destacar os motivos, nós reunimos algumas dicas dos sites da Caixa Econômica Federal e do Centro de Estudos Avançados e Treinamento.

A importância do estágio em produção industrial

Segundo o CEAT (Centro de Estudos Avançados e Treinamento):

  • O estágio oferece ao estudante a oportunidade única de assimilar e conciliar teoria e prática.
  • O aprendizado tem maior eficácia quando adquirido pela experiência, por meio da prática  frequente.
  • Vivências do que ainda não foi visto em sala de aula aumentam a curiosidade pelas aulas, pois surgem novas dúvidas.
  • A prática do estágio torna possível ao aluno perceber o que precisa aprender melhor ou até mesmo aperfeiçoar, pois vai mostrar deficiências e falhas. As dificuldades práticas vão apontar as dificuldades teóricas.
  • Por ainda estar em sala de aula, o estagiário consegue trazer frescor e inovação para a empresa.
  • Diante da importância do estágio, o estudante não deve buscar ganhar dinheiro com a experiência, o principal não será a bolsa paga, mas sim o conhecimento adquirido.

Como funciona o estágio em produção industrial

No caso do curso de Gestão da Produção Industrial EaD da Unisul Virtual, o estudante deverá escolher, com o auxílio do coordenador de estágio, uma empresa para desenvolver seu estágio.

Caso o estudante queira estagiar na Empresa onde já trabalha, poderá fazê-lo, desde que o coordenador de estágio aprove e desde que haja um contrato de estágio firmado entre a empresa e o estagiário, estabelecendo os compromissos mútuos em acordo com as normas gerais conferidas por lei.

Tem outras opiniões sobre a importância dos estágios? Compartilhe seu conhecimento nos comentários!

E não deixe de conferir as informações completas sobre o Curso de Gestão da Produção Industrial no site da Unisul Virtual.

GPI_alternativas_futuro_sustentavel


Uma das tendências mais fortes para o futuro da indústria é o investimento massivo em TI, pesquisa e desenvolvimento. Leia este artigo para saber mais!

Saiba quais tendências irão definir o futuro da indústria

Nos próximos anos, talento, nível de inovação e uso estratégico de políticas públicas irão desempenhar um papel significativo para a competitividade do setor industrial nas economias desenvolvidas e emergentes.

A conclusão é do “The Future of Manufacturing”, um relatório do Fórum Econômico Mundial.

O estudo, realizado em parceria com  a Deloitte Touche Tohmatsu Limited, constata que o ecossistema de produção global está passando por uma transformação extrema, com economias emergentes desenvolvendo capacidades de fabricação e inovação significativas, o que lhes permite produzir produtos cada vez mais complexos. Resultado? O crescimento da globalização das cadeias de produção da indústria. O relatório destaca as principais tendências que irão definir a competitividade da indústria ao longo dos próximos 20 anos. Elas exigem atenção e colaboração entre os responsáveis políticos, a sociedade civil e os líderes empresariais.

Com uma estimativa de criação de 10 milhões de postos de trabalho nas indústrias em todo o mundo - que não podem ser completamente preenchidos devido ao défice de competências dos trabalhadores - o relatório identifica o talento como um dos principais diferenciais para o futuro do setor. Os outros incluem o uso estratégico das políticas públicas e da capacidade de inovar.

Inovação e sustentabilidade

A inovação vem sendo amplamente reconhecida como um dos principais fatores que impactam positivamente a competitividade e o desenvolvimento econômico da indústria de um país. Para alcançar um nível aceitável de inovação é preciso que as empresas invistam cada vez mais em P&D (pesquisa básica, aplicada ou desenvolvimento experimental) e em outras atividades não relacionadas com P&D, que envolvem a aquisição de bens, serviços e conhecimentos externos.

Além dessas tendências, a previsão de escassez de recursos naturais já começa a alterar as estratégias de uso e a concorrência por eles. O lado bom é que esse fenômeno provavelmente irá servir como um catalisador para os avanços das ciências e desenvolvimento de novos materiais e processos ambientalmente sustentáveis.

Logística mais eficiente para diminuir perdas

Outra grande aposta para o futuro é o investimento massivo em TI na logística. No Brasil, o custo logístico corresponde em média a 11% da receita das indústrias de bens de consumo. Segundo uma pesquisa da Fundação Dom Cabral, nos Estados Unidos, esse percentual é de 7,5%. Se o Brasil fosse tão eficiente quanto os EUA, economizaria U$ 83 bilhões por ano, de acordo com o Boston Logistics Group. A perda é enorme e por isso a indústria está apostando em sistemas de gestão de logística. Agilidade, velocidade e produtividade são essenciais para o crescimento das empresas no país. Existem no mercado softwares para quase todas as etapas da cadeia logística, desde o transporte de matéria-prima e insumos, passando pela produção industrial e chegando à armazenagem e distribuição das mercadorias. A tendência é que o ganho de tempo e a redução de custos vindos de boas práticas e uso de TI na indústria serão essenciais para garantir a competitividade das empresas no mercado.

E para você, qual a tendência mais importante e influente no futuro da indústria? Deixe sua opinião nos comentários.

Boas práticas melhoram eficiência


quanto ganha um gestor de TI

Quanto ganha um gestor de TI?

Quem se encontra inserido na área de TI hoje em dia, pode-se dizer, não tem muito com o que se preocupar quando o assunto é emprego. Como uma das áreas que mais cresceu nos últimos trinta anos, a TI segue empregando e capitalizando uma enormidade de talentos em todo o mundo.

Após a revolução da informática, iniciada nos anos 1970, a demanda por profissionais dessa área só aumentou, levando jovens a se interessar sempre mais pela computação.

Atualmente, mais mudanças de paradigma se encontram no horizonte do mundo. Algumas delas são a computação em nuvem, que tem revolucionado a maneira como empresas e indivíduos armazenam seus dados, e há também o conceito de Big Data. Tais transformações trazem consigo a necessidade de profissionais à altura de compreender e poder atuar nesse mundo altamente informatizado. A seguir, no texto, saiba um pouco mais sobre o que esperar das profissões na área de TI, especialmente a de gestor de TI, e seus salários.

Pesquisa aponta valorização constante na área

A tendência do mercado de TI é de seguir absorvendo cada vez mais profissionais, sendo que hoje 400 mil necessários para atender a demanda por pessoas qualificadas somente no mercado brasileiro.

A empresa Catho divulgou recentemente uma pesquisa que procura saber as médias de salário de cada área da atuação profissional. A tendência de valorização da área de TI segue firme e forte, com um salário médio de 3,8 mil reais. A pesquisa foi realizada em mais de quatro mil cidades do Brasil. Foram realizadas perguntas a respeito de remuneração, escolaridade, benefícios e outras.

De acordo com os resultados, foi possível verificar que na área de TI quem ainda detém o maior salário é o diretor de TI, alcançando uma ótima média de R$ 18.094, 51 reais. Os estagiários ficam com a marca mais baixa nessa questão, com salários de valor médio em R$ 616, 20.

Perspectivas para o futuro

Com as novas transformações pelas quais o mundo da informática está passando, as perspectivas são boas para os profissionais de TI. Pesquisas apontam que a principal preocupação dos próximos anos estará voltada para a segurança nas transações via computadores e segurança no armazenamento de dados. Por ser uma área ainda aberta, ou seja, em que há muito espaço para melhora, as empresas vão investir cada vez mais para aperfeiçoar os seus aplicativos e servidores. A importância que será dada a esses fatores, junto com a demanda alta por profissionais sempre mais qualificados, fará com que a média salarial siga a tendência de alta e os gestores de TI permaneçam recebendo bons salários no futuro.

Ficou interessado nessa carreira? Que tal consultar mais informações sobre o nosso curso a distância?

Comece a aprender antes mesmo do curso começar, com os e-books gratuitos sobre gestão de TI do blog Mercado em Foco! São 4 títulos!