Se você participa de alguma forma do mundo dos negócios, já deve ter ouvido falar em vantagem competitiva. Este conceito está estreitamente relacionado com a forma como a empresa posiciona-se no mercado e também com a estratégia adotada na sua gestão.

Contar com uma vantagem competitiva é imprescindível para que a organização possa ser lembrada pelos consumidores, isto é, a lembrança é fruto da boa percepção que as pessoas têm da empresa influenciando diretamente nas decisões de compra e fidelidade.

O  fato de estipular uma vantagem em detrimento de outra requer cuidado, geralmente a escolha por um diferencial como este solicita que o plano de negócios oriente os seus esforços gerenciando os custos ou oferecendo benefícios como exclusividade e personalização. A opção por uma ou outra vantagem competitiva é uma questão que demanda, estruturação e planejamento.

Existem duas formas da empresa estabelecer uma vantagem competitiva, uma interna e outra externa. Quer saber detalhes sobre a ótica externa? Leia este post e aprofunde os seus conhecimentos a respeito deste mecanismo.

O que é uma vantagem competitiva?

A vantagem competitiva é todo diferencial que uma empresa possui e que seus concorrentes não são capazes de oferecer, sendo assim, o principal ponto a ser analisado é como a empresa está situada no mercado. É importante perceber que essa vantagem deverá ser traduzida em um melhor retorno financeiro, assim, ela torna-se fundamental para que a organização possa conquistar resultados superiores no que diz respeito à sua receita.

O conceito de vantagem competitiva está atrelado diretamente ao de valor, que diz respeito à quantia que os consumidores estão dispostos a pagar por determinado produto. Veja que, se um cliente compra o produto da concorrência porque o seu está com um preço de venda mais alto, é porque ele percebe que a vantagem de comprar a sua mercadoria não supera o benefício de adquirir um produto semelhante por um preço menor. No entanto, quando esse consumidor assume que o seu produto, mesmo possuindo um preço mais alto, serve para atender as suas necessidades, é sinal que o seu diferencial está sendo percebido, assim, pode ser considerado uma vantagem competitiva na ótica externa.

Tipos de vantagem competitiva na ótica externa

Segundo a visão do estudioso Michael Porter, existem três tipos de vantagem competitiva: a liderança em custos, a diferenciação e foco. A visão de Porter é amplamente usada pelas organizações, visto que possui conceitos abrangentes e traduz de forma eficaz o que acontece no mundo corporativo quando o assunto é vantagem competitiva.

1) Liderança em custos

O principal objetivo deve ser a redução de custos, tanto os fixos como variáveis. A organização deve produzir os produtos em larga escala, assim os gastos com a produção e demais serão diluídos e como resultado, os gastos serão reduzidos e o preço unitário poderá ser mais baixo. Neste caso, impera a diminuição do preço de venda e prioriza-se a quantidade de itens vendidos.

2) Diferenciação

Neste enfoque vale o quão valioso e exclusivo é o produto para o cliente, assim, tem-se como vantagem competitiva na ótica externa a customização e a entrega de valor para o consumidor. Ao adotar este tipo de estratégia, é indispensável investir na marca e na imagem da empresa.

3) Foco

Esta estratégia envolve um bom nível de conhecimento de mercado, pois aqui a gerência estratégica precisará escolher um segmento de mercado através da liderança em custos ou diferenciação, ou seja, esta terceira perspectiva relaciona o mercado-alvo com as outras estratégias básicas.

Como manter a sua vantagem competitiva?

Ao assumir que você tem uma determinada vantagem sobre o seus concorrentes, o fundamental é montar um plano de ação para não perdê-la. É compreensível que você fique confuso quanto à manutenção da vantagem, principalmente pelo fato do mercado estar cada vez mais diversificado, contudo, é importante que você perceba a necessidade de buscar uma forma de manter esse diferencial.

Para que sua vantagem não seja perecível, ela deve ser única ou diferente. Se você tem uma mercearia e opta por vender um volume maior de mercadorias que as demais, precisará caprichar nos preços, já que os itens são pouco complexos. Caso tenha uma revenda de motos e opte por personalizá-las, você terá um produto único e customizado, assim, os consumidores que comprarem o seu produto estarão mais interessados no valor agregado a ele do que no preço acima da média. Como você pode ver, a questão é adaptar a vantagem a sua realidade.

Ao montar um plano de negócios ou buscar melhores resultados para a empresa, pense em qual vantagem pode ser oferecida que diferencia a organização do resto dos concorrentes.

Ficou com alguma dúvida sobre vantagem competitiva na ótica externa? Entre em contato com a gente pelos comentários.

“Baixe