Tão importante quanto o externo, o marketing interno deve ser valorizado para que sua empresa consiga atingir uma vantagem competitiva.

As organizações compreendem atualmente que criar um forte vínculo com o consumidor é um meio essencial de destacarem-se dentre as demais.

Para tanto, é de vital importância estabelecer estratégias de marketing interno, uma vez que os colaboradores de uma empresa precisam estar compromissados para dar o seu melhor e obter excelência em seu desempenho. Por meio dessa performance é que sua empresa disponibilizará ao consumidor o melhor produto possível.

Por meio das seis etapas abaixo, estabeleça uma vantagem competitiva na ótica interna, que permita à sua empresa criar um relacionamento consistente com seus clientes. Acompanhe.

1. Crie um alto comprometimento dos colaboradores

É essencial que os funcionários estejam motivados e tenham conhecimento das expectativas do consumidor, em todo e qualquer nível da empresa. Para tal, o funcionário deve não só saber, mas também compreender quais são os pilares e valores que regem a missão da companhia. Também é fundamental que eles sejam ouvidos. Por meio de uma pesquisa, é possível detectar prováveis descontentamentos ou falhas e tomar providências para sanar tais problemas.

2. Especifique as funções

Cada funcionário deve saber exatamente qual é a sua função dentro da empresa e qual o impacto dela no resultado final. Isso pode ser parecer básico, mas se constitui em vantagem competitiva na ótica interna. Se o colaborador não sabe para onde está indo e para que serve seu trabalho, como poderá ficar motivado? Todos os funcionários devem conhecer o processo de um produto, para que possam compreender como funciona o todo, e não apenas sua colaboração individual.

3. Invista na capacitação de seus líderes

Os líderes de sua empresa devem saber sobre todo o processo que controlam, mas devem, sobretudo, saber lidar com pessoas, agindo com autoridade, mas não com autoritarismo. Os líderes devem ser capazes de motivar seus subordinados e, para tal, devem estar motivados. Segundo Pfeffer (1998), empresas que investem em sistemas de desempenho gerencial são mais efetivas em obter um comprometimento dos funcionários e possuem uma maior possibilidade de lucro.

4. Estabeleça com clareza os princípios éticos de sua empresa

Todo e qualquer problema em uma companhia deve ser resolvido com base na ética, para que se demonstre a integridade da empresa. Uma companhia que age com retidão, justiça e clareza adquire a confiança do funcionário.

5. Valorize seus funcionários de alta performance

Toda empresa possui aqueles funcionários ultra dedicados e altamente comprometidos. Tais colaboradores são fundamentais para se obter uma vantagem competitiva e devem ser valorizados e reconhecidos dentro da empresa. Dessa forma, os demais também irão sentir-se motivados, uma vez que verão que o esforço em sua companhia é reconhecido.

6.  Invista em treinamento e cursos

Parece contraditório, mas é justamente em épocas de crise que é necessário investir em cursos e treinamentos internos. Nesses períodos precisamos deixar os funcionários mais capacitados, pois, desta forma, a criatividade deles irá aflorar, permitindo que novas ideias surjam. Tais ideias, aliadas à motivação em adquirir novos conhecimentos, podem gerar estratégias que beneficiarão a empresa.

Investir em funcionários é uma vantagem competitiva na ótica interna que tem sido altamente reconhecida pelo mercado global, sendo elemento vital para estabelecer confiança e aumentar a produtividade, qualidade e lucratividade das empresas.

Gostou de nosso post? Deixe seu comentário com sugestões para novos artigos!

Com o curso de graduação Ead em Processos Gerenciais você fica habilitado tanto para começar um novo negócio quanto para se candidatar a uma vaga em concursos públicos. Baixe o e-book gratuito para saber mais!