O agronegócio é o somatório dos conhecimentos utilizados tanto para planejar quanto para gerenciar as atividades em uma determinada propriedade rural, passando, inicialmente, pelas fases de cultivo e chegando até a fase de administração dos negócios, o momento final. A área compõe um dos principais campos comerciais e industriais em todo o mundo.

Em relação ao profissional de agronegócio, é ele quem vai definir todas as estratégias a serem utilizadas ao longo da safra agrícola, bem como planejar a produção, indicando claramente os serviços essenciais e necessários para a criação agrícola ou ainda para a criação de rebanhos. Para isso, o profissional deve estabelecer quantos funcionários devem ser contratados a cada safra, verificando os custos da produção e definindo o valor final de cada produto, tudo para garantir a melhor rentabilidade ao negócio.

O atuante no campo do agronegócio vai ainda cuidar da distribuição dos produtos e da logística, realizando também as negociações com o mercado nacional e com o mercado internacional.

Como são amplas as atuações, também são amplos os conhecimentos necessários à formação do estudante do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio. Ao longo das aulas, o objetivo é formar profissionais capazes de gerenciar empreendimentos agroindustriais, tornando-os economicamente rentáveis e ambientalmente corretos. Além disso, são desenvolvidas as competências necessárias para a viabilização de soluções tecnológicas e competitivas para o desenvolvimento de negócios a partir do domínio da gestão e das cadeias produtivas do setor.

Mas, após a formação e em meio a um ramo tão extenso, quais são os cargos nos quais podem trabalhar os formados no curso?

Cargos para o tecnólogo em agronegócio

O mercado de trabalho em agronegócio é um setor em alta, pois o ramo responde por grande parte das exportações brasileiras e por isso os investimentos em pesquisa e inovação têm aumentado e tornado a área cada vez mais exigente em relação aos profissionais. Assim, o graduado pode encontrar oportunidades em áreas relacionadas de diversas formas à agricultura como: processamento e beneficiamento, comercialização, assistência técnica às normas sanitárias e ambientais nacionais e internacionais, e também adequação dos processos de produção de alimentos.

O Guia do Estudante, da editora Abril, preparou uma lista com possibilidades de atuação na área. Basicamente, os principais cargos que o formado em agronegócio pode ocupar, desde funções de auxílio até os cargos de gestão, se relacionam a:

  • Administração Rural: função de coordenar, planejar e organizar propriedades rurais de pequeno, médio e grande portes, cuidando tanto da gestão de pessoas, quanto dos custos da produção e do contato com fornecedores e clientes;
  • Consultoria: consiste na prestação de assessorias a órgãos públicos e privados na área de gestão do agronegócio, definindo estratégias de produção e estudos de aproveitamento do solo e dos alimentos;
  • Cultivo e produção: função de cuidar de plantações e do manejo de animais em fazendas;
  • Desenvolvimento de produtos: tarefa de desenvolver defensivos agrícolas, novas sementes, insumos e outros produtos que visem a otimizar a produção;
  • Planejamento de produção: função de definir com o agrônomo os tipos e como será feita a plantação em cada safira, os custos e o preço final do produto;
  • Vendas: consiste em atuar em grandes indústrias vendendo equipamentos e insumos ao setor agropecuário.

Com diversas formas de atuação e em diversos cargos, os profissionais formados em agronegócio tem a oportunidade de contribuir no desenvolvimento de um dos principais ramos da economia, trabalhando para que este avanço não prejudique o meio ambiente.

Para seguir carreira nesse campo, você deve fazer um curso de graduação EaD de Tecnologia em Agronegócio. Conheça nosso curso a distância pelo site. Até a próxima!

E-books gratuitos sobre agronegócio disponíveis para download gratuito!