O aumento da competitividade no mercado levou muitas empresas a se preocupar com questões que geram credibilidade e melhoram sua imagem diante da sociedade e do próprio mercado.

Por conta disso, organizações que nunca se preocuparam com <strong>gestão ambiental</strong> agora devem se preocupar com os <strong>impactos ambientais</strong> de suas atividades e apostar na implantação de uma área de gestão ambiental.

Nesse contexto, a avaliação de impactos ambientais é de importância incontestável e tem alguns requisitos previstos em lei.

O que é AIA?

A avaliação de impactos ambientais, também conhecida pela sigla AIA, é um processo sistemático que permite avaliar consequências ambientais de uma política, plano ou programa antes de serem realizados. O estudo é realizado com o objetivo de garantir que essas ações tenham os fatores ambientais incluídos e equacionados ainda nos estágios iniciais do processo decisório, com o mesmo peso que as questões sociais e econômicas.

Para que serve a avaliação de impactos ambientais?

Quando esse estudo é eficaz, o profissional responsável pela gestão ambiental consegue elencar uma série de medidas e procedimentos que, se aplicados, reduzem e controlam os impactos produzidos por um empreendimento sobre o meio ambiente. E para que seja eficaz, a avaliação precisa cobrir todas as fases, desde a concepção do projeto até a eliminação efetiva dos resíduos gerados — depois e durante o período em que funcionará. Avaliar essas consequências sobre o meio ambiente pode evitar que acidentes ambientais aconteçam e também ajuda a empresa a encontrar melhores formas de conduzir o processo.

O que é impacto ambiental?

Quando há alteração das propriedades químicas, físicas e biológicas do meio ambiente advindas de atividades humanas, podemos dizer que houve impacto ambiental. Essas alterações podem afetar a saúde, a segurança e o bem-estar da população, as atividades sociais e econômicas, a biota, as condições estéticas e sanitárias do meio ambiente e a qualidade dos recursos ambientais.

O Estudo de Impacto ambiental como instrumento de gestão

avaliação dos impactos ambientais ajuda na busca e na conquista de um ponto de equilíbrio entre desenvolvimento social, crescimento econômico e uso dos recursos naturais. Essa busca traz uma série de desafios, mas é a grande responsável por um desenvolvimento verdadeiramente sustentável. Com um estudo de impacto ambiental, tanto iniciativa privada quanto governo conseguem analisar mais facilmente a viabilidade ou não de uma atividade, encontrando ao mesmo tempo alternativas que podem ser adotadas para minimizar os impactos negativos ao meio ambiente.

Ou seja, esse estudo não é realizado apenas para sustentar uma concessão de uma licença ambiental, mas é um instrumento de gestão ambiental eficiente para as empresas. Com uma AIA bem elaborada, surgem alternativas e propostas que visam diminuir impactos negativos e reduzir os riscos ambientais que a instalação de um dado empreendimento pode causar.

Em suma, a importância da avaliação de impactos ambientais gira em torno da preservação e restauração dos recursos ambientais e da compatibilização do desenvolvimento econômico e social com a preservação da qualidade e equilíbrio do meio ambiente. O estudo é realizado por um profissional especializado em gestão ambiental, com conhecimentos técnicos e suporte para avaliar os impactos e propor soluções.

E você, se interessa pelo tema e gostaria de trabalhar na área? Conheça o curso de graduação a distância em Gestão Ambiental da Unisul. 

Comece a aprender antes mesmo do curso começar, com os e-books gratuitos sobre gestão Ambiental do blog Mercado em Foco!