A necessidade de preservação dos recursos naturais do planeta é assunto recorrente nas mídias de comunicação, nas campanhas de conscientização e nas conversas entre amigos.

Este é um tema que ganha importância a cada dia, afinal, se recursos importantes, como a água, estão cada vez mais escassos, como será o futuro das próximas gerações?

Questionamentos como este influenciam os hábitos das pessoas. O descarte correto do lixo, por exemplo, já faz parte do cotidiano de grande parte dos lares brasileiros. Os hábitos de consumo também são influenciados pela preocupação com o meio ambiente. Atualmente, não basta um produto ser mais barato do que a concorrência, é preciso que ele também seja sustentável e que a empresa fabricante demonstre ser responsável com o meio ambiente.

Sustentabilidade e o novo perfil do consumidor

Segundo dados divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2025 cerca de 2,7 bilhões de pessoas devem ser afetadas pela falta de água no planeta. Para evitar este assustador cenário, é preciso que as pessoas, o governo e as empresas adotem medidas que promovam a preservação deste abundante, mas escasso, recurso. A água é um importante elemento para a sobrevivência humana, usado na fabricação de roupas, de livros, de móveis e de aparelhos eletrônicos – como celulares e computadores. A previsão da ONU mostra uma preocupante piora na falta de água, mas este já é um problema que atinge a realidade de muita gente. Por isso, o novo perfil do consumidor, atento à importância da sustentabilidade, não aceita investir em empresas que não mostram responsabilidade com o meio ambiente.

Além da água, o consumidor-cidadão está de olho em outros cuidados que a empresa deve ter durante o processo de fabricação dos seus produtos. O desmatamento, por exemplo, não é algo tolerado por estes clientes. Já a reciclagem e o reaproveitamento de materiais são duas atitudes que fazem com que determinada marca ganhe destaque no mercado e que refletem em um aumento de vendas.

O consumo responsável é uma necessidade para garantir o futuro do planeta e para evitar que previsões como a da ONU se concretizem. A população está ciente disso, e cada vez mais pessoas apostam nas marcas que mostram responsabilidade ambiental. O novo perfil do consumidor busca preços justos, produtos duráveis e processos de fabricação sustentáveis.

Gestão ambiental nas empresas

Empresas atentas a estas mudanças nos hábitos de consumo, já investem em mudanças em seus processos de fabricação e incluem em seus sites informações sobre a produção dos seus produtos. Mostrar que a marca está alerta e preocupada com a preservação ambiental é uma forma de fidelizar clientes e também de garantir o futuro do planeta. Em consequência, a gestão ambiental é uma área que cresce cada vez mais nas empresas. Profissionais capacitados para atuar no controle ambiental e para planejar o desenvolvimento sustentável dos produtos têm ganhado espaço em diferentes segmentos: empresas de alimentação, de vestuário, de eletrônicos e de entretenimento, por exemplo.

Que tal investir em uma carreira na área de gestão ambiental?

Conheça mais sobre o curso de graduação a distância em gestão ambiental da Unisul e prepare-se para os desafios de uma área em constante crescimento.

Comece a aprender antes mesmo do curso começar, com os e-books gratuitos sobre gestão Ambiental do blog Mercado em Foco!