Entenda as diferenças entre design e arquitetura de interiores antes de escolher qual carreira seguir!

Está em dúvida entre estudar design ou arquitetura de interiores? Saiba que isso é muito comum. Pensando nisso, esse post explica as principais diferenças entre essas duas carreiras profissionais.

É normal que elas sejam confundidas pelas pessoas por terem disciplinas em comum, trabalharem dentro de um mesmo mercado e visarem sempre a valorização da funcionalidade dos ambientes.

Claro que ambas demandam conhecimentos e criatividade dos profissionais, mas cada uma tem suas especificidades. Continue lendo para entender como atuam o designer e o arquiteto e escolher a carreira que tem mais a ver com você!

Para que serve a arquitetura de interiores?

Os profissionais de arquitetura de interiores são aqueles que se dedicam à criação de projetos, que podem ser feitos tanto para casas e apartamentos residenciais quanto para estabelecimento-s comerciais e corporativos.

Entre os principais fatores que envolvem o trabalho da arquitetura de interiores estão custo, durabilidade, manutenção e até mesmo regulamentações legais para a execução dos projetos. Acima de tudo, a arquitetura deve estar sempre preocupada em atender às questões econômicas, culturais, estéticas, técnicas e ambientais dos locais em que atua.

Além disso, o arquiteto de interiores precisa dominar os conhecimentos sobre cada material (metal, vidro, plástico, papel, cerâmica, madeira e tecido) usado nos projetos. Não basta apenas conhecer os tipos de revestimentos e acabamentos disponíveis; é preciso também entender sobre o uso de cores, texturas e propriedades físicas.

O que é o design de interiores?

O design de interiores, assim como a arquitetura, busca criar ambientes com base na funcionalidade e no conforto. No entanto, a diferença está no fato de que o designer, como o próprio nome diz, visa a estética e os aspectos decorativos dos mais diversos ambientes.

Assim, ele não só combina diferentes revestimentos, cores e acabamentos, como avalia a distribuição de móveis e objetos decorativos. Isso tudo sempre pensando na criação de ambientes que atendam às necessidades e ao estilo de cada cliente.

O trabalho desse profissional ainda inclui aspectos como ergonomia, iluminação e acústica, por exemplo, sempre levando em conta a parte estética.

Os projetos desenvolvidos pelo designer de interiores consideram inúmeros detalhes. Esses profissionais escolhem as cores e os acabamentos a partir de critérios técnicos e de acordo com a sensação que o ambiente deve transmitir. Eles podem até sugerir mobiliários e objetos criados exclusivamente para cada espaço.

Como saber qual eu devo escolher?

Antes de escolher em qual dessas duas áreas se especializar, é importante fazer uma boa pesquisa sobre os currículos dos cursos disponíveis e conversar com profissionais que já atuam no mercado. Dessa forma, consegue ter uma ideia mais clara de como é a rotina daqueles que trabalham com design ou arquitetura de interiores.

Com base em algumas particularidades, você pode pensar melhor sobre qual têm mais a ver com o seu perfil e com o tipo de trabalho que deseja desempenhar. Uma grande diferença está ligada à execução de mudanças estruturais: apenas o arquiteto tem permissão para modificar plantas originais e derrubar paredes, por exemplo.

Os profissionais que trabalham com arquitetura de interiores devem estar preparados para lidar com diferentes tipos de projetos, fazer suas representações gráficas e seu planejamento. Também costumam ter noções de paisagismo, jardinagem, ergonomia e design de móveis.

Por outro lado, o design de interiores está voltado principalmente para a decoração, o conforto e a estética. É uma área para quem gosta da ideia de criar móveis inovadores e iluminação personalizada, gerenciar os mobiliários e escolher objetos decorativos, entre outras tarefas do gênero.

Por exigir conhecimentos mais abrangentes, que envolvem até mesmo matemática, química e física, a arquitetura de interiores apresenta algumas vantagens, como a remuneração. Por cobrar por hora técnica e fazer um trabalho considerado mais complexo, o arquiteto costuma ser melhor remunerado que o designer de interiores.

Ficou com alguma dúvida sobre a diferença entre as duas carreiras? Não deixe de compartilhar com a gente nos comentários!