Em um outro post aqui do blog já comentamos sobre todo o trâmite e os documentos necessários para fazer o tão sonhado intercâmbio universitário. São meses de preparação, uma boa porção de pesquisa e alguns calafrios até que o dia realmente esteja próximo.

E se você é um dos que estão prestes a embarcar para outro país para passar uma temporada de aprendizados, você clicou no post certo! Isso porque um intercâmbio muitas vezes é uma oportunidade única e é importante aproveitar ao máximo tudo o que ele pode nos trazer. Afinal, ninguém quer voltar de uma experiência dessas apenas com uma boa referência no currículo, não é mesmo?

8 dicas para arrasar no intercâmbio universitário!

1 – Esqueça a vergonha!

Essa dica está em primeiro lugar na lista porque realmente é a mais importante. Esquecer a vergonha é fundamental para treinar um novo idioma, conhecer novas pessoas, buscar novas experiências e fazer desse intercâmbio universitário realmente um sonho.

2 – Conheça um pouco o idioma antes de embarcar

Saber ao menos o básico da língua do país onde você está indo facilita muito no processo de adaptação. Ela te incentiva a falar com as pessoas e te socorre de alguns sufocos nas primeiras semanas: e se você não souber como pedir direção para chegar à sua casa ou informações para o motorista do ônibus?

Além disso, se tratando de um intercâmbio universitário, ter um conhecimento prévio da língua facilita no aprendizado das disciplinas nas quais você se matriculou e até oferece a possibilidade de se inscrever em aulas superiores.

3 – Evite se envolver apenas com brasileiros

Um dos ensinamentos mais legais de um tempo no exterior é o domínio de outro idioma. Mas se você conviver apenas com outros brasileiros dificulta o exercício da língua com pessoas nativas e nas mais diversas situações do dia a dia.

4 – Se preocupe com as disciplinas que você se matriculou

Muitas pessoas usam os intercâmbios universitários como uma justificativa para morar em um país estrangeiro. Mas ele é muito mais do que isso. Você tem a oportunidade de estudar conteúdos diferenciados, com outras metodologias e se aprofundar em áreas do seu interesse e nas quais o país que você buscou é referência. Por isso, reserve um tempo para fazer boas escolhas de disciplinas e realmente agregar na sua formação acadêmica.

5 – Busque se informar sobre os hábitos do país que você vai morar

Muitos países têm costumes que nem imaginamos. Por exemplo: locais onde comer com a mão é regra ou que é considerado muita grosseria chamar alguém de “você”. Saber quais são essas restrições e como eles podem interferir no seu a dia a dia é uma boa pedida para evitar constrangimentos logo nas primeiras semanas.

6 – Reserve dinheiro para pequenas viagens

É comum durante o intercâmbio fazer pequenas viagens para conhecer cidades e até países próximos ao que você está morando. Essa é uma maneira excelente para conhecer novas pessoas e ainda fazer turismo mais barato.

7 – Resolva o máximo de pendências antes de embarcar

Cartas de aceite, escolha de dormitório, seguro saúde, escolha das disciplinas, pagamentos de taxas de inscrição. A quantidade de documentação necessária para fazer um intercâmbio universitário não é pequena e muito dela pode ser feita ainda do Brasil.

Adiantar todos esses papéis é uma maneira de garantir que o tempo que você está passando em outro país seja realmente para conhecê-lo e aproveitá-lo, não para perder horas em filas de repartições públicas.

8 – Permita-se fazer atividades diferentes

Parte de conhecer a cultura local é fazer atividades fora da nossa zona de conforto. Permitir viver essas experiências é uma das melhores maneiras de garantir que você voltará com ótimas histórias e nenhum arrependimento na bagagem.