Com um mundo cada vez mais globalizado, as empresas expandem seu mercado consumidor não só internamente, mas também para o exterior. Essa crescente demanda fez com que as empresas começassem a buscar pessoas com conhecimento na área de comércio exterior, e por isso as oportunidades para quem tem essa formação cresceram muito.

Os profissionais formados são contratados para vagas de importação e exportação de insumos básicos, matéria-prima e produtos industrializados. Além disso, há a possibilidade de trabalhar com logística internacional, transações cambais, despacho aduaneiro, entre outros. Confira a seguir algumas das áreas que mais oferecem oportunidades na profissão de Comércio Exterior.

Áreas de atuação

  1. Análise de mercado – O profissional pode estudar novos mercados para a inserção de um determinado produto. Ele também analisa os custos de transporte até o país de destino e a carga tributária que deverá ser paga.
  2. Consultoria – Auxilia empresas de pequeno e médio porte nas negociações internacionais assim como também na prospecção de novos clientes.
  3. Cotação – Trabalha diretamente nas cotações de matérias primas e cotações para preço de venda dos produtos. Além disso, faz cotações de transporte em moeda estrangeira.
  4. Gestão – Estuda o mercado e elabora metas de exportação. Pode também ser responsável por fiscalizar se cada setor da empresa está fazendo o necessário para que as metas sejam atingidas.
  5. Logística – Escolher o meio mais viável de transportar os produtos para o país de destino. A pessoa responsável pela logística também deve escolher os melhores preços, por isso, entra em contato com empresas terceirizadas de transporte.
  6. Marketing – É necessário adaptar as propagandas e a embalagem das mercadorias de acordo com o contexto social do país comprador. A pessoa responsável pelo marketing internacional deve estudar a cultura e ter conhecimento do idioma do país.

Local de trabalho

O local de trabalho de um tecnólogo/analista de Comércio Exterior é normalmente dentro de escritórios de exportação de empresas de grande porte, em uma empresa de logística ou em um escritório despachante. Os processos conduzidos pelos funcionários seguem um padrão. Haverá pessoas encarregadas de preencher documentos e o SISCOMEX e outras encarregadas das vendas, suporte ao cliente e transporte de mercadoria.

Características necessárias para o profissional

Pessoas que trabalham na profissão de Comércio Exterior dever ter atenção a detalhes quando sua ocupação for o preenchimento de documentos e planilhas. Além disso, é preciso ter raciocínio rápido para lidar com as negociações internacionais e ter um bom relacionamento interpessoal, pois às vezes o transporte atrasa e a data de entrega da mercadoria também. Pessoas com facilidade de comunicação tendem a ter melhores resultados resolvendo esses conflitos.

Especialização

Além dos cursos conhecidos de exportação, é necessário que os profissionais dessa área fiquem sempre atualizados através de cursos. Por ser uma área muito dinâmica, é preciso entender de que forma o sistema funciona para garantir um melhor resultado.

As áreas de atuação na profissão de Comércio Exterior são amplas, dessa forma é preciso pensar com foco no planejamento da carreira.

As informações foram úteis? Escreva nos comentários qual área mais lhe interessa.