Uma das informações mais procuradas por estudantes antes de entrar na faculdade é o salário médio do profissional formado. É claro que a renda pode variar dependendo do setor em que você trabalhar e a sua formação (seja ela mais específica ou mais geral).

A duração do curso de Economia entre as universidades varia de oito a 10 semestres, durante os quais o estudante recebe uma formação teórica e prática por meio de conteúdos como teoria econômica, macro e microeconomia, matemática, finanças, passando também por ciências sociais e até humanidades.

Oportunidades para economistas

As oportunidades para economistas variam de instituições privadas a órgãos públicos. Veja abaixo algumas das vantagens e desvantagens de cada setor:

1) Instituições Privadas

Empresas nacionais e internacionais, compradores de grãos, montadoras de veículos, distribuidores de fertilizantes, consultorias, entre outras.

Vantagens – Meritocracia: o seu crescimento na empresa depende das suas habilidades interesse e desempenho; rotina dinâmica, sendo possível ser transfência para outras áreas; promoções mais rápidas.

Desvantagens – Muita concorrência nas vagas de empregos; possibilidade de demissão em função de instabilidades no mercado; necessidade de cumprir horas extras.

Média Salarial – Os salários dependem do setor, gerentes bancários ganham em média R$ 8.000,00. Analistas financeiros recebem em média R$ 3.500,00. Já para pessoas com mais experiência os salários aumentam em proporção à responsabilidade do cargo: gerentes de planejamento estratégico ganham em torno de R$ 15.000,00 e analistas de mercado financeiro chegam a ganhar até R$ 20.000,00 por mês.

2) Órgãos Públicos

Instituições de ensino públicas, prefeituras, governos estaduais, ministérios públicos, instituições de pesquisa, entre outros.

Vantagens – Estabilidade econômica; benefícios como plano de saúde, bônus, vale refeição e previdência social privada; trabalho em prol da sociedade por meio do desenvolvimento de políticas públicas; análises econômicas; desenvolvimento industrial; planejamento orçamentários; entre outros.

Desvantagens – Ingresso apenas por concurso público; muitos candidatos por vaga; trabalho mais repetitivo e operacional.

Média salarial – O valor do salário depende do concurso prestado. Concursos para pesquisa econômica e análise estatística variam de R$ 3.500,00 a R$ 6.000,00. Concursos para professores e pesquisadores em universidades públicas pode chegar a R$ 6.000,00. Em cargos em ministérios, como responsável pelas políticas públicas de um estado, o salário pode ser superior a R$ 10.000,00.

3) Estágio e Trainee

Para uma formação completa, é importante que estudantes de ciências econômicas façam estágios durante a faculdade e procurem programas de trainee após a graduação. Bancos e empresas de consultoria e auditoria são bons locais para iniciar a carreira.

Segundo a Revista Exame, os empregadores mais atrativos do mundo na área de negócios são o Google e a Apple. Outras empresas também citadas pelos jovens são EY (que aparece em 3º lugar na pesquisa), Goldman Sachs (4º), PWC (5º), Delloite (6º), Microsoft (8º), KPMG (9º) e  L’Oréal (10º).

Como você pode perceber pela lista, as maiores empresas de auditoria e consultoria estão listadas como empregadores atrativos. O salário médio inicial em cargos de estagiário fica entre R$ 700,00 e R$ 1.200,00, enquanto a remuneração de trainee varia de R$ 1.800,00 a R$ 2.200,00.

4) Negócio Próprio

Uma alternativa encontrada por pessoas que não se adaptam ao ritmo das empresas privadas e não desejam traçar uma carreira pública é a abertura de um negócio próprio. Nesse caso, o economista será o responsável por administrar e planejar os investimentos no negócio.

Na hora de escolher o tipo de negócio, o setor de franchising pode ser atraente para o novo empreendedor. O Portal Sua Franquia oferece várias oportunidades de negócios e a ABF – Associação Brasileira de Franchising divulga diversas informações úteis. Algumas franquias exigem número mínimo de habitantes para que uma loja seja aberta. Por isso, é importante pesquisar todos os detalhes e analisar o ROI (Retorno sobre o Investimento) antes de iniciar a operação.

5) Transformando uma ideia em negócio

Se você gosta de cozinhar pode abrir um restaurante, se gosta de arte, pode abrir uma loja de arte. Aliar seus conhecimentos em economia e mercado a um hobby pode ser muito lucrativo e prazeroso.

Depois desse artigo você está mais confiante em seguir a carreira de economista? As possibilidades de atuação são diversas e se você não se interessar por um setor pode facilmente investir em outro.

Compartilhe conosco o que mais chama sua atenção no curso de economia e quais são suas dúvidas. É fácil, basta deixar sua opinião nos comentários!