Os graduados em Serviços Penais possuem várias oportunidades dentro do mercado de trabalho. Estes profissionais podem atuar nos serviços penitenciários em si, na operação do dia a dia nas unidades prisionais, e nos vários setores administrativos penitenciários. No artigo de hoje, listamos os setores onde os graduados em serviços penais podem exercer sua profissão. Confira.

1) Órgãos estaduais e sociais

Zelar pela segurança pública, por meio de estratégias que assegurem a proteção dos cidadãos, em períodos conturbados e propensos a reações violentas, como eleições, eventos nacionais de grande porte, entre outros, fazem parte do dia a dia desse profissional.

Em órgãos sociais, o profissional pode organizar e elaborar medidas preventivas antiviolência em atividades ao ar livre, em estádios e grandes exposições, para evitar ações de violência ou terrorismo.

2) Polícias federal e estadual

O profissional pode elaborar planejamentos de prevenção à violência, focados na mediação de conflitos, levando em consideração os valores sociais e econômicos.  Assegurar, por meio da elaboração de estratégias, que classes mais vulneráveis, como idosos, crianças e mulheres, possam ter assegurados seus direitos e não sofrer violência, promovendo o cumprimento das leis dos Direitos Humanos. Além disso, trabalhar com a prevenção ao tráfico de drogas e ao contrabando podem fazer parte do cotidiano desse profissional dentro da polícia.

3) Secretarias de Segurança Pública , delegacias e penitenciárias

Dentro dessas secretarias, os formados em serviços penais podem atuar com assessoria, planejamento ou assistência na confecção e revisão de políticas públicas importantes para este setor. Os formados em Serviços Penais podem atuar junto a delegacias e penitenciárias, quer seja no próprio trato com os detentos, ou fazendo parte da diretoria, tomando decisões, analisando as taxas de evolução da violência, e promovendo ações para o bom funcionamento da instituição.

4) Empresas e ONGs

Gestão da segurança no trabalho, fazer análise de sistemas de segurança, implementar programas sociais e criar sistemas de proteção empresarial e organizar todo o setor de segurança de eventos de grande amplitude são possíveis atividades de um tecnólogo em Serviços Penais dentro de empresas privadas.

A prevenção ao tráfico de drogas, a elaboração de programas antidrogas e medidas preventivas neste sentido são possíveis atuações de um tecnólogo em Serviços Penais em ONGS.

5) Coordenação de eventos

Olimpíadas, Copa do mundo, Congressos nacionais e internacionais, dentre outros, necessitam que haja um profissional da área de Serviços Penais, que ficará responsável por tomar todas as medidas de prevenção para evitar tumultos ou conflitos.

6) Parques e reservas ambientais

As reservas ambientais nacionais precisam ser preservadas, e um tecnólogo em Serviços Penais pode atuar na coordenação da segurança de locais tombados pelo patrimônio histórico, parques ecológicos e reservas florestais.

7) Consultorias

Os tecnólogos formados em Serviços Penais pode prestar consultoria a empresas, promovendo cursos de capacitação e treinamento para profissionais da área de segurança, a fim de evitar conflitos e proteger o patrimônio empresarial.

As áreas nas quais um graduado em Serviços Penais pode atuar são amplas, pois diversos setores necessitam de um profissional qualificado para combater e reprimir a violência.

Se você se interessou em algum campo e quer se preparar para atuar na área, conheça o nosso curso de graduação a distância em Segurança Pública.