Profissionais formados em gestão de TI podem ocupar diversas posições dentro de uma empresa, dependendo de suas qualificações e preferências. Confira sete cargos a serem ocupados por quem se formou na área.

1. Diretor de TI

Investir em tecnologia da informação é estratégico para bancos, operadoras de telefonia, varejo entre outras organizações. O maior desafio do executivo de tecnologia, ou diretor de TI, é provar que o retorno sobre o investimento do que se aplica na área é alto o suficiente para que justifique a continuidade de um determinado projeto.

Para isso, é recomendado que o profissional invista continuamente em formação que ensine como desenvolver estratégias de negócios e também a capacidade de relacionamento com outras áreas da empresa. Um diretor de TI precisa ser um líder nato para que consiga demonstrar a todos os colaboradores a importância das ferramentas tecnológicas dentro da empresa.

2. Gerente de TI

O cargo exige que o profissional gerencie projetos e operações de serviços de TI e que o gerente seja uma ligação entre a gestão de alto nível e técnicos. Ele precisa ter disciplina e capacidade de gerenciar e coordenar um projeto, de atribuir funções e cobrar para que as atividades sejam realizadas no prazo. Além disso, também é esperado um perfil de liderança.

3. Coordenador de TI

Responsável por elaborar planos de implantação e melhoria para aumentar a utilização do sistema. O profissional coordena os trabalhos dos colaboradores, avalia e identifica as soluções tecnológicas existentes, planeja projetos e detecta as necessidades do negócio e dos clientes. Por ser responsável por coordenar equipes, deve ter perfil de liderança, dinamismo, iniciativa, comprometimento, habilidades de comunicação e um bom relacionamento interpessoal.

4. Supervisor de TI

O profissional que ocupe este cargo deve supervisionar as atividades de suporte de rede do setor de informática, envolvendo a elaboração de projetos de implantação, incluindo desenvolvimento e integração de sistemas. É responsável por cobrar das equipes o cumprimento da política de segurança, por supervisionar projetos de desenvolvimento e implantação de ferramentas no parque de TI e por pesquisar e avaliar tendências do setor que estejam de acordo com o plano estratégico da empresa.

Ele também supervisiona projetos e operações, identifica oportunidades de aplicação de tecnologia e coordena pessoas. O supervisor de TI precisa se relacionar com todo o setor de Suporte de Rede dentro da empresa em que atua.

5. Analista de negócios

O profissional nessa posição deve alinhar a área de negócios com a área de TI. Um analista de negócios formado em gestão de TI ajuda uma empresa a ser inovadora, tanto em produtos como em processos. Esse especialista elabora um plano estratégico das áreas de negócios e por meio de estudos de viabilidade toma ações e sugere soluções.

6. Gerente de projetos

Como o cargo já antecipa, esse profisisonal gere projetos, planeja a execução deles e monitora se o escopo está sendo respeitado. Ele é responsável por estipular o progresso do trabalho para que a equipe cumpra metas, prazos e custos estabelecidos no planejamento. O gerente de projetos também detecta riscos para apresentar meios de diminuir impactos e corrigir erros.

7. Consultor em sistemas de gestão

O objetivo de um consultor é ensinar e orientar uma empresa a desenvolver e implementar um sistema de gestão. Ao final de uma boa consultoria, o sistema deve funcionar de forma independente, ou seja, as pessoas da empresa em que o consultor prestou serviços devem ter condições de implementar a melhoria contínua sem depender desse profissional.

Quer mais informações sobre este curso? Acesse nossa página do curso de graduação EaD em Gestão de TI!